EBSERH abre concurso com 445 vagas só para o Nordeste

EBSERH abre concurso com 445 vagas só para o Nordeste

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) abriu três concursos visando ao preenchimento de 951 vagas efetivas, das quais 445 estão distribuídas por municípios do Nordeste, sendo 380 para a área médica, 53 para a assistencial e 12 para a administrativa. As chances são para cargos dos níveis médio/técnico e superior, como técnico em enfermagem, técnico em farmácia, tecnólogo em radiologia, analista administrativo, médico (diversas especialidades), jornalista, arquiteto, entre outros.

A lotação será nos hospitais filiados à empresa, localizados em Aracaju (SE), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Santa Cruz (RN), Natal (RN), Petrolina (PE), Recife (PE), Salvador (BA), São Luís (MA) e Teresina (PI). As remunerações variam de R$1.863,48 a R$12.375,53, para carga horária de 24, 30, 36 e 40 horas semanais. Os novos servidores serão contratados sob o regime celetista. A validade dos três concurso será de um ano, com possibilidade de prorrogação pelo mesmo período.

As inscrições devem ser realizadas no site do Instituto AOCP, organizador, até o dia 14 de janeiro de 2016. Além disso, estão disponíveis postos presenciais de inscrição, até o dia 23 de dezembro, cujos endereços podem ser conferidos nos editais, na FOLHA DIRIGIDA Online. A taxa é de R$60 para funções de nível médio/técnico, R$80 para superior, com exceção de médico, que custa R$120. Inscritos no CadÚnico e membros de famílias de baixa renda podem solicitar a isenção do pagamento, no site do organizador ou nos postos presenciais, até o dia 14 de dezembro.

Todos os candidatos poderão conferir, a partir do dia 29 de janeiro de 2016, onde realizarão a primeira etapa do concurso, de acordo com a cidade que optaram no ato da inscrição. A eles serão aplicadas provas objetivas compostas de 50 questões, as quais terão quatro horas para responder. A etapa acontecerá no dia 21 de fevereiro e o gabarito preliminar será divulgado logo no dia 22.

Para todos os cargos, a avaliação estará disposta da seguinte forma: dez questões de Língua Portuguesa, cinco de Raciocínio Lógico e Matemático, cinco de Legislação Aplicada à Ebserh, cinco de Legislação Aplicada ao SUS e 25 de Conhecimentos Específicos. Com exceção dos dois últimos assuntos citados, que terão cada questão valendo dois pontos, os demais terão cada questão valendo um ponto. A nota máxima corresponderá a 80 pontos. Para as funções das áreas administrativa e assistencial, o candidato precisará atingir o mínimo de 50% do total das provas, para ser considerado aprovado. Já para a área médica, o critério é 40% do total.

Quem se classificar passará à próxima etapa de avaliação de títulos e de experiência profissional, sendo importante destacar que para os cargos de nível médio/técnico, valerá a pontuação apenas de experiência. Nesta fase, os concorrentes poderão marcar até 20 pontos, dos quais dez são dos títulos e dez da experiência. Na classificação final, caso haja empate, o primeiro critério será a idade mais avançada e, em segundo, está a maior pontuação na prova de Conhecimentos Específicos.

Folha Dirigida