O que faz um auditor-fiscal da Receita Federal

O que faz um auditor-fiscal da Receita Federal

Um dos cargos mais almejados por quem deseja se tornar um servidor público é o de auditor-fiscal da Receita Federal. Com a previsão de abertura de nova seleção para o cargo em 2015, concurseiros de todos os lugares do Brasil já estão se preparando para um dos mais disputados concursos públicos do país.

leãoO salário inicial atual do cargo, da ordem de R$ 13.600,00, é um dos primeiros atrativos que se vê. A possibilidade de ascensão (e o consequente aumento do salário, que pode chegar a quase R$ 20 mil), aliada à grande estabilidade proporcionada por um serviço público como o de auditor-fiscal, aumenta exponencialmente o interesse no concurso.

Porém, muitos não sabem o que este profissional nem o órgão para o qual ele trabalha fazem. A Secretaria da Receita Federal do Brasil é a responsável pela administração de todos os tributos cuja competência remete à União, bem como os impostos (incluindo os tributos relacionados ao comércio exterior), taxas e contribuições sociais (inclusive previdenciárias).

Além disso, também cabe ao órgão em questão atividades como o auxílio ao Poder Executivo Federal no tocante à formulação da política tributária brasileira, a prevenção e o combate à sonegação fiscal, ao contrabando, ao descaminho, à pirataria e a outros meios ilícitos de comércio em âmbito internacional.

auditoriaO auditor-fiscal da Receita Federal é um servidor público concursado, do qual se exige nível superior de escolaridade para o exercício do cargo. Dentre suas diversas atribuições, as principais são:

  • tomar decisões ou participar destas em quaisquer processos administrativos-fiscais, de consulta, restituição ou compensação de taxas como tributos e contribuições, e de reconhecimento de benefícios fiscais;

  • participar de processos de fiscalização, principalmente dos relacionados ao controle aduaneiro;

  • atuar nas auditorias internas das atividades dos sistemas operacionais da Secretaria da Receita Federal do Brasil.

Entretanto, além das atividades acima citadas, há muitas outras atribuições, em diversas áreas, como: contabilidade, material, recursos humanos, informática, segurança, análises, dentre outras.